Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Jardinópolis - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Acesse nossas Redes Sociais
| CIDADÃO
| EMPRESA
| SERVIDOR
Prefeitura Municipal de Jardinópolis - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAI
30
30 MAI 2023
SAÚDE
VACINAÇÃO
Febre Amarela - alerta epidemiológico do Governo de SP
enviar para um amigo
receba notícias
No último domingo (28), a Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo confirmou a primeira morte por febre amarela no Estado. O óbito foi registrado no município de São João da Boa Vista (a cerca de 200 km de Jardinópolis/SP). O Paciente era um homem de 44 anos que não estava imunizado contra a doença.
Depois de 3 anos sem registros de febre amarela, o Estado de São Paulo já acumula 4 casos.

A febre amarela é uma doença infecciosa transmitida ao ser humano pela picada de mosquitos (principalmente, pelo "Aedes aegypti"). Os seus sintomas mais comuns são febre, dores musculares com dor lombar proeminente, dor de cabeça, perda de apetite, náusea ou vômito.

A vacina é a principal ferramenta de prevenção e controle da febre amarela (veja as informações sobre a vacinação da foto 2).

Em Jardinópolis/SP, a vacina contra a febre amarela está disponível nas salas de vacinação do Centro de Saúde II Dr. Arthur Costacurta (R. Domiciano Alves de Rezende, 98, Centro) e da ESF-IV Sarandy (R. Dr. Pedro Albernaz, s/n.º, Jurucê): de segunda a sexta-feira, das 8 às 15 horas.

Atenção: caso seja encontrado algum macaco morto (não sendo morte acidental) nos limites do Município, é necessário comunicar a Vigilância Epidemiológica, pelos telefones (16) 3663-3705 (de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas) e (16) 99263-3779 (sábados, domingos e feriados, das 8 às 16 horas).

• Os macacos não transmitem a febre amarela. Adoecem e morrem da mesma forma que os humanos. Por isso, a morte de macacos é um sinalizador da presença do vírus na região.
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia