Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Jardinópolis - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Acesse nossas Redes Sociais
| CIDADÃO
| EMPRESA
| SERVIDOR
Prefeitura Municipal de Jardinópolis - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
14
14 ABR 2023
SAÚDE
Jardinópolis/SP confirma o primeiro caso importado de Chikungunya neste ano
enviar para um amigo
receba notícias
A Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Jardinópolis/SP confirmou, na manhã de hoje (14), o primeiro caso importado de Chikungunya. A Paciente do Município, que trabalha em Ribeirão Preto/SP, apresentou sintomas na penúltima semana de março e, após a análise da contraprova colhida pela Secretaria Municipal de Saúde, o Laboratório de Referência do Instituto Adolfo Lutz informou, ontem (13), a confirmação desse caso.

A Secretaria Municipal de Saúde seguirá monitorando esse e, também, os casos de dengue, com ou sem sinais de alarme.
 
Boletim Informativo Dengue/ Chikungunya - 14/04/2023:
  Confirmados Casos com sinais de alarme Descartados Em investigação
Dengue 32 2 49 -
Chikungunya 1 0 0 0

A Chikungunya não é transmitida entre pessoas. O seu contágio se dá pela picada do mosquito Aedes aegypti (que, sete dias contados depois de picar alguém contaminado com a doença, pode carregar o vírus CHIKV, transmitindo-o, até o fim de sua vida, para quem não possui os anticorpos contra ele).

Os principais sintomas da Chikungunya são: febre alta e de início rápido, dores intensas nas articulações dos pés e das mãos, além de dores nos dedos, tornozelos e pulsos. Poderá ocorrer, ainda, dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele.

A pessoa doente fica com o vírus no corpo, em fase chamada de viremia, desde dias antes ao aparecimento dos sintomas até 10 dias depois deles.

Saiba como diferenciar a Chikungunya da Dengue e da Zika:

 Tabela: Divulgação/ bioemfoco.

O combate à doença se dá pelo combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti, sendo cuidados importantes:
1. Manter bem fechados: caixas, tonéis e barris de água.
2. Colocar o lixo em sacos plásticos e manter a lixeira sempre bem fechada.
3. Não jogar lixo em terrenos baldios.
4. Se for guardar garrafas de vidro ou de plástico, mantê-las sempre com a boca para baixo.
5. Não deixar a água da chuva acumulada sobre a laje.
6. Encher os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.
8. Se for guardar pneus velhos em casa, retirar toda a água e mantê-los em locais cobertos e protegidos da chuva.
9. Limpar as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas impeçam a passagem da água.
10. Lavar com frequência, com água e sabão, os recipientes utilizados para guardar água, pelo menos uma vez por semana.
11. Os vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com água e sabão, toda semana. É importante trocar a água desses vasos com frequência.
12. Convocar vizinhos, comunidade, amigos e parentes para que se engajem no combate aos criadouros do mosquito Aedes aegypti.
Fonte: Vigilância Epidemiológica e Controle de Endemias e Arboviroses
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia